Introdução à Gestalt do Objeto

 

Cerâmica. Impressão de texturas de troncos de árvores

De acordo com o Gestalt, a arte se funda no principio da pregnância da forma, ou seja a qualidade ou virtude do que se impõe ao espírito, do que produze forte  impressão.

  Leis da Gestalt

  • UnidadeUma unidade pode ser consubstanciada num único elemento que se  encerra em si mesmo ou como parte de um todo.
  • Segregação: Significa a capacidade perceptiva de separar, identificar, evidenciar ou destacar unidades formais em um todo compositivo ou em partes deste todo.  
  • Unificação: A unificação da forma consiste na igualdade ou semelhança dos estímulos produzidos pelo campo visual pelo objeto.
  • Fechamento: Consegue-se a sensação de fechamento visual da forma pela continuidade numa ordem estrutural definida.
  • Continuidade: É a impressão visual de como as partes se sucedem a través da organização perceptiva da forma de modo coerente, sem quebras ou interrupções na sua trajetória ou na sua fluidez visual. 
  • Proximidade: Elementos ópticos próximos uns dos outros tendem a ser vistos juntos e, por conseguinte a constituírem um todo ou unidades dentro de um todo.
  • Semelhança: A igualdade de forma e de cor desperta também a tendência de se construir unidades, isto é, de estabelecer agrupamentos de partes semelhantes.
  • Pregnância da forma: Quanto melhor for a organização visual da forma do objeto, em termos de facilidade de compreensão e rapidez de leitura ou interpretação, melhor será seu grau de pregnância..

 Fonte: Gestalt do Objeto - Sistema de leitura visual da forma - Editora Escrituras

Processos decorativos com engobes

 


Possibilidades de decoração com engobes

  1.           Esgrafito ·      
  2. ·         Corda seca sobre engobe claro
  3. ·         Passar engobe somente em parte da peça
  4. ·         Sobre barro escuro, varias mãos de engobes claros
  5. ·         Usar estêncil
  6. ·         Sobre reservas de cera ou parafina
  7. ·         Diluído como aquarela
  8. ·         Polimento
  9. ·         Engobe, queima e corda seca
  10. ·         Monoqueima com esmalte
  11. ·         Maiólica (Base esmalte branco)

Um novo olhar - Peter Hayes

 


Depoimento de Peter Hayes

"Sempre me interessei pela história da cerâmica - por que e como as 'coisas' são feitas de barro. Esse interesse foi ampliado depois que passei vários anos viajando pela África trabalhando com várias tribos e ceramistas de vilas e ficando intrigado como, com tecnologia limitada e ferramentas básicas, eles conseguiram obter superfícies tão belas e requintadas. Encontrei as mesmas habilidades inerentes na Índia, Nepal, Japão e Novo México. Tentei adotar no meu próprio trabalho as ideias aprendidas nas minhas viagens. Ao construir camadas de argila texturizada combinadas com polimento e polimento de superfícies, tento alcançar opostos de áspero e liso.

Tenho trabalhado em formas de cerâmica em grande escala que coloquei na paisagem. Meu principal objetivo é que a obra não concorra com a paisagem, mas evolua dentro do ambiente. Com isso em mente, introduzi outros minerais na superfície da cerâmica Raku, como ferro e cobre. Com os elementos do tempo e da erosão, a peça individual assume sua própria superfície de desenvolvimento... Mais


Um novo olhar - Tony Marsh

 

                         
              Totem perfurado, 2007-8. Louça de barro, esmalte. A imagem foi cortesia do artista. 

O vaso de cerâmica tem sido consistentemente o principal veículo de expressão artística de Tony Marsh. Em sua série 'Vasos perfurados'  ele pega a densa composição da argila, remove o máximo de material possível, um orifício de cada vez, e cria nele uma intensidade visual para apresentar formas que “levitam”. Marsh afirma que isso é “adição por subtração”. Com a luz penetrando na estrutura cristalina, se refratando de volta e passando diretamente por ela, vemos como as sombras projetadas desta também constituem para a integridade arquitetônica de suas obras. Mais

Criança Noiva


Obra de Philippe Faraut,  um artista especializado em esculturas feitas de argila, água e pó de mármore. Esta obra foi criada para sensibilizar para a situação inaceitável de milhões de meninas em todo o mundo obrigadas a casar ainda menores. Na expressão do rosto da jovem transparece todo o desconforto e o medo.Saiba mais 

Processos decorativos sobre peças enchacotadas, esmaltadas e dependentes de condições especiais de queima

CERÂMICA

Processos decorativos sobre peças enchacotadas

 

Técnicas

Materiais

·       Pintura com engobes


Engobes

·       Esgrafito


Engobes

·       Pintura sob esmalte


Tintas cerâmicas e (ou) corantes cerâmicos e esmalte cerâmico transparente

·       Esmaltação


Esmalte cerâmico transparente ou opaco

·       Pintura sobre esmalte *

 

Esmalte opaco, tintas cerâmicas para pintura sobre esmalte cru

·       Bolhas de sabão


Esmaltes, óxidos  ou  corantes para cerâmica, sabão liquido, canudo, água  


    Nova queima obrigatória para todas as técnicas     * Esmaltação obrigatória

________________________________________________________________________________________

Processos decorativos sobre peças esmaltadas

 

Técnicas

Materiais

·        Pintura sobre esmalte

Corantes ou tintas cerâmicas para pintura sobre esmalte

·       Aplicação de metais preciosos

Sais de ouro, prata ou platina

·       Aplicação de lustres

Lustres ou sais metálicos

·       Aplicação de decalques

Decalques para cerâmica

  

  Nova queima obrigatória para todas as técnicas    * Eventualmente, polimento após a queima


_________________________________________________________________________________________


Processos decorativos dependentes de condições especiais de queima

 

Técnicas

Materiais

Queima

·       Qualquer técnica plástica *

Argila terracota, sem revestimentos

 Monoqueima em atmosfera  fortemente redutora

·       Qualquer técnica  plástica *

Argila branca com vestígios de oxido de ferro

 Monoqueima em atmosfera  francamente redutora

·       Pintura com engobes *

Engobes, corantes cerâmicos ou argilas coloridas

Atmosfera redutora

·       Esmaltação (celadon, vermelhos de cobre, reflexos metálicos) **

Esmaltes de chumbo, corantes cerâmicos, outros sais metálicos

Biqueima com arrefecimento em atmosfera fortemente redutora

·       Técnicas plásticas, engobe, esgrafitos, incrustações ***

Forno para grés salino, sal 

Mono ou biqueima em forno específico e atmosfera oxidante ou redutora

·       Técnicas plásticas, engobes, esgrafito, esmaltação

Forno e pasta para raku, corantes, engobes, esmaltes de chumbo

Em forno específico com arrefecimento súbito


   Sem esmaltação    ** Esmaltação obrigatória   *** Esmaltação indireta


Processos decorativos sobre peças em verde

CERÂMICA

Processos decorativos sobre peças em verde


Técnicas

Materiais e Ferramentas

·         Adição de materiais combustíveis

Papel, sementes de frutas, milho feijão, erva seca, etc.

·         Adição de materiais não combustíveis

Metais, vidro, pedras, areia, etc.

·         Baixo relevo

Esteca apropriada

·         Carimbagem

Carimbos de cerâmica, gesso, madeira, etc.

·         Deformações

Esponja ou trouxinha de pano

·         Escorrido

Engobes

·         Esgrafito

Engobes, estecas e faquinhas apropriadas

·         Estêncil

Moldes vazados em acetato

·         Incisões

Esteca  apropriada

·         Incrustações

Argila, massas cerâmicas, vidro, metais, etc

·         Impressões

Materiais com relevos ou texturas interessantes

·         Mocha

Tabaco, óxidos e água.

·         Monoimpressão

Opção de vidro, papel ou moldes de gesso

·         Marmorizados (rotação e penas)

Engobes, plumas ou penas

·         Máscaras

Cera de abelha, fitas engomadas, etc

·         Pintura com engobes

Engobes

·         Recortes

Faca ou tesoura

·         Relevos

Mesmo material utilizado na peça

·         Serigrafia

Bastidor para serigrafia com desenho pré-definido

·         Texturas

Tecidos, carimbos, rolos com texturas, etc

·         Vazados

 

Estecas e faquinhas apropriadas

 

Em breve, o passo a passo de algumas dessas técnicas. 

Um novo olhar - Betty Wodman

 



 Instalação, Exposição “Teatro do doméstico”, Institute of Contemporary Arts, Londres. 2016.  

Nascida em Norwalk, Connecticut, Betty Woodman frequentou a School for American Craftsmen na Alfred University em Nova York de 1948 a 1950 . Ela lecionou no Departamento de Belas Artes da Universidade do Colorado.

Uma importante ceramista cujas formas inventivas e uso pictórico da cor lhe renderam renome internacional, Woodman começou sua carreira fazendo cerâmica funcional simples. Embora seus ambiciosos experimentos com argila tenham causado grandes mudanças em seu trabalho, ainda se refere a alguma função prática, mesmo que suas formas expressivas barrocas não sejam mais estritamente utilitárias. A arte de Woodman foi inspirada por diversas fontes, que vão da cerâmica etrusca e minóica à cerâmica Tange e majólica. Saiba mais

Um novo olhar - Ngozi-Omeje Ezema


 Ngozi-Omeje Ezema representa a nova geração de ceramistas nigerianos contemporâneos que infundem sensibilidades modernistas em uma forma de arte tradicional milenar, desafiando radicalmente noções estabelecidas há muito tempo que localizam a cerâmica dentro do quadro limite de sua função utilitária. Boundless Vases apresenta instalações de arte em cerâmica recentes que apresentam a exploração contínua da artista do motivo da folha como um elemento visual expressivo rico em metáforas afetivas. Tomando como ponto de partida as experiências pessoais, seu trabalho aborda questões relativas à identidade, à família e ao corpo feminino. Ela frequentemente faz referência ao objeto do vaso de várias maneiras, inspirando-se nas formas e materiais do ambiente natural. Em suas obras, as propriedades materiais das folhas são usadas como alças formais e narrativas para tratar de questões relacionadas à feminilidade. Para a artista, o motivo da folha representa um estado de ser; um elemento transitório cuja materialidade dramatiza simbolicamente os ritos de passagem e suas condições de liminaridade associadas. Como a artista explica, “A folha representa aspectos de ternura nas mulheres que muitas vezes são tidos como certos. A folha é igualmente sugestiva do longo sofrimento que as mulheres sofrem nos relacionamentos. Quando você olha a cor das folhas no meu trabalho, dá a impressão de que as folhas secaram, mas ainda mantêm sua beleza ”. Ngozi-Omeje Ezema formou-se como artista de cerâmica no Departamento de Belas Artes e Artes Aplicadas da Universidade da Nigéria, Nsukka. Em 2009, no mesmo ano em que concluiu o programa de Mestrado em Belas Artes (MFA) em cerâmica, foi oferecida a ela um cargo de professora no departamento de arte de Nsukka. Na última década, ela combinou o ensino de arte com uma prática vibrante de estúdio. O treinamento de Ezema no departamento de arte de Nsukka impactou fortemente seu desenvolvimento artístico. Sua exposição à cultura de experimentação e exploração que impulsiona a filosofia criativa do departamento de arte de Nsukka abriu sua mente para as possibilidades de criar arte usando métodos não convencionais e materiais comuns. Fonte

Meus trabalhos

Meus trabalhos
Clique na imagem para saber mais sobre meus interesses e meus produtos criativos.